Music Video Review: K.Will–Please Don’t…

Hello Everyone!
          Hoje estou aqui para falar de um assunto polêmico, mas não são mamilos,ok?! Pra começar eu odeio o fato desse ser um assunto polêmico, mas eu não posso comentar mais nada por enquanto, primeiro todo mundo TEM que ver o MV (music vídeo)! Eu estou fazendo essa review porque foi um pedido da minha amiga Ingra Braga, ela me pediu isso porque ela me odeia U_U! Escrever sobre esse vídeo é a coisa mais difícil do mundo já que tem todo um contexto por trás que precisa ser contado também!
K.Will – Please Don’t (Legendado)
Assistiram? Estão chocados? Acharam bonitinho ou de mal gosto? Acharam o ‘plot twist’ (reviravolta na história) épico? Então agora vamos falar sobre tudo isso!
          K.Will (Kim Hyung-Soo) é um cantor sul-coreano famoso por ter no currículo muitas parcerias com outros artistas, pela voz suave e também por seus MVs serem sempre muito bem elaborados. Nem sempre ele aparece nos próprios MVs, em “Please Don’t...” por exemplo, ele não atua. Os atores desse vídeo são: Seo In Guk, Dasom (integrante do grupo SISTAR) e o modelo e ator Ahn Jae Hyun. Seo In Guk atuou no dorama “Reply 1997” onde ele era apaixonado pela melhor amiga, e o melhor amigo dele era apaixonado por ele, por isso ele quis atuar nesse MV, apesar do personagem do amigo dele ser aclamado pela crítica, ele não tem um final feliz.
12955798057009
  K.Will (Kim Hyung-Soo)
         
          O complicado sobre falar desse MV, é que tudo é muito sutil e subjetivo. Eu costumo dizer que ele é a ‘Mona Lisa’ dos MVs, eu posso ver 20x que minha interpretação depende do meu humor e eu já criei várias teorias pra ele! Até o nome da música deixa algo no ar: “Please Don’t...”, sim essas reticências realmente faz parte do título!
O Music Video…
          Vamos partir do princípio de que todos viram o MV até o fim e sabem que o personagem do Seo In Guk é apaixonado pelo outro cara e não pela moça! O MV começa com um casal dentro de um carro andando por uma avenida, ela (Dasom) está sorridente, enquanto ele (Seo In Guk) parece triste e irritado, e então é mostrado um flash dela vestida de noiva e eles conversando em uma escada. Então K.Will começa a cantar: “Nós estamos sentados lado a lado no carro, mas não há música tocando. Eu costumava segurar sua mão, mas agora você cobre seus lábios”, ou seja, eles estão juntos ali e tem um clima pesado entre eles, como se eles estivessem tendo uma conversa séria. Os flashes dos dois mostram que eles provavelmente são melhores amigos, ela provocando e brincando com ele e ele irritado, como dois irmãos talvez, até que aparece um outro cara (Jae Hyun) e então Seo In Guk parece desconfortável. E a música diz: “Eu sei o que você vai dizer, por favor não diga. Eu não sei porquê, eu não sei porquê.”, a impressão que eu tenho é que ele contou algo que chocou ela, e ele pede que ela nunca diga nada, como se ele soubesse que ela vai desaprovar. Ele adiciona que ele mesmo não sabe porque (provavelmente ele diz que é gay? Que está apaixonado pelo namorado dela?). E então quando mostra ele olhando para o cara e depois no carro olhando pra ela, a música fala: “Eu quero escapar a cada minuto, a cada segundo. Mas a estrada vazia me apressa (me desafia)”. Então ele luta contra o que ele sente, como se na concepção dele também fosse errado se sentir desse jeito, pra ele é um caminho solitário e difícil, mas ele não pode sair desse caminho. Quando ela olha pra ele no carro e o vê sofrendo ela fica triste também. Voltando com os flashes dentro da casa, a garota é mostrada com o namorado (Jae Hyun), e a música diz: “Eu chego na sua casa, que é tão familiar e as lágrimas escorrem. Depois de passar tanto tempo procurando por esse lugar, eu me sinto perdido”, ou ele já pertenceu àquela casa (vamos supor que ela seja irmã dele, o que explicaria porque ele está sempre por lá, ele morava lá, e agora ele está de volta para o casamento dela talvez), ou então ele vê como o clima é familiar e gostaria de ter aquilo também! Ele vê a moça e o outro cara juntos e ele deixa os dois a sós porque é desconfortável ficar perto deles, a imagem volta pro carro, onde ela aparece cada vez mais triste e a música diz: “Por favor não, por favor não vá, eu não sei porquê, eu não sei. Nem está chovendo lá fora, mas você vai perdendo a cor e se tornando distante.”, ou seja, ele não quer que ela deixe ele sozinho, apesar do que ele contou pra ela.
          Então o MV entra numa nova fase, o casamento, os convidados vão chegando e ele fica em um canto observando e a música diz “Te deixar ir não é tão fácil quanto parece, eu viro as costas pra não te ver partir.”, e então quando ele olha é para o noivo recepcionando os convidados. No carro ele aparece chorando e ela nem é mostrada, a música diz: “Lágrimas começam a escorrer e eu preciso enxugá-las, não sei se uso o lenço que você me deu ou se devo jogá-lo fora. Por que eu não paro de tremer? Eu finjo ser louco e me segurar a você, mas meu corpo não me obedece.” E então ela aparece vestida de noiva na frente dele, e enquanto ele chora no carro, pra ela vestida de noiva, ele sorri, e então ele lembra do dia em que ela contou que estava noiva, ele pareceu surpreso, mas quando o outro cara mostra o anel ele parece decepcionado. Vendo os dois juntos a música diz: “Intoxicado pelo seu perfume no carro, eu não quero acordar nunca mais.”, quando os flashes do casal ficam mais rápidos e intensos ele aparece dentro do carro em uma espécie de ataque de raiva e frustração. A cara de extremo desgosto que ele faz quando o casal caminha até o altar é de dar pena e na música diz: “Não vá, por favor não vá. Volte, volte!”, quando o casal vai pegar na mão um do outro ele também tenta tocar a moça dentro do carro, mas no carro não tem ninguém e a música diz: “No banco do carro está apenas o assento vazio que você deixou. Apenas seu perfume frio permanece.”. Quando o casal se beija ele aparece dentro do carro de novo e tira uma foto do bolso, e depois do beijo o cara olha pra ele, talvez seja impressão minha, mas eu acho que o olhar do cara é suspeito, como se ele não gostasse realmente da moça, ou como se ele tramasse algo. Enquanto Seo In Guk olha pra foto dos 3 juntos no casamento, ele chora, chora muito. E quando ele rasga a foto a música diz: “Eu vou me segurar ao seu perfume que ainda resta, então volte para o seu lugar.”. O outro cara encontra ele na sacada e pega na mão dele pra levar ele pra tirar a foto, mesmo ele insistindo que não quer, e na hora da foto os dois trocam olhares enquanto ela completamente alheia a toda situação, posa toda sorridente pra foto. E daí num ‘plot twist’ épico ele junta a foto rasgada de modo que parece que o casal se casando é ele e o outro cara, e então quem está no carro com ele é o outro, e não mais a garota.
Ok, agora as teorias da conspiração que já elaborei vendo esse MV:
1. Seo In Guk rouba o namorado da irmã, é por isso que ela vai embora puta da vida?
2. Ela morre e depois eles ficam juntos?
3. Seo In Guk e Jae Hyun, dão o golpe do baú na moça e ficam juntos?
4. Jae Hyun mata a moça pra ficar com o Seo In Guk que é cúmplice, ou vice-versa?
5. A moça é uma metáfora pra quem Seo In Guk gostaria de ser?!Ou de quem ele queria gostar?
          Juro que queria sentar com o K.Will e o diretor pra tomar um café e conversar sobre esse MV, porque deve ter muito mais coisas pra ler nas entrelinhas e muitas metáforas que eu provavelmente não percebi.
          K.Will ganhou um prêmio do público pelo site “Eat Your Kimchi” pelo “Music Video com a melhor história do ano de 2012”, e ele é um fofo e até fez um vídeo agradecendo o prêmio.Você pode ver AQUI!
Contexto…
          Na Coréia do Sul homossexualidade é um grande tabu, frequentemente os mais velhos, se questionados sobre homossexualidade no país, eles dirão: “Não existem gays na Coréia!”, o que acontece é que quando nós ocidentais observamos a cultura deles, parece que homossexuais são maioria. Lá é normal pessoas do mesmo sexo serem próximas, é comum ver duas mulheres ou dois homens, se abraçando, andando de mãos dadas ou sentando no colo um do outro, é inocente, mas a mesma proximidade entre pessoas do sexo oposto eles veem como não sendo inocente e portanto é feio essas demonstrações públicas de afeto entre casais heterossexuais, mas entre pessoas do mesmo sexo não existisse atração.
          Com o fim do isolamento da cultura asiática, do mesmo jeito que nós abrimos as portas para a cultura deles, eles também abriram as portas para nossa cultura, e agora  a homossexualidade lá é tratada mais abertamente. Já têm homossexuais ganhando a mídia, lutando pelos direitos deles perante o governo e a sociedade, mas ainda que os jovens tenham a mente mais receptiva, os mais velhos conservadores ainda são uma resistência quanto a abordagem desse assunto.
          Então de repente no ano de 2012 várias pessoas resolveram retratar a homossexualidade lá e isso gerou polêmica, mas no geral as respostas foram mais positivas que negativas. O drama “Reply 1997” foi aclamado pela crítica, o K.will lançou o MV de “Please Don’t...” e o grupo GLAM, a música “Party (XXO)”, todos abordaram homossexualidade.
          Eu sinceramente espero que chegue logo o dia em que todos terão liberdade pra amar quem quiser, acredito que amor independe do que encaixa no quê, amor é sobre sentimentos e não sobre aparelhos sexuais. As pessoas estão sempre mais preocupadas em julgar quem deve amar quem do que em acabar com todo ódio presente no mundo. ‘Por que alguém iria preferir dois homens segurando armas do que de mãos dadas?’.
New York, New York .  June 2,  2012

Neil Patrick Harris and David Burtka stroll with their twin daughters  in  New York City. 

***EXCLUSIVE***

Hector Vallenilla/Neil Patrick Harris e David Burtka com seus filhos Gideon e Harper
ellen_portia_wed_01_wenn51764832Ellen Degeneres e Portia de Rossi
tumblr_ljpj1hNnoO1qfypv4o1_500Kim Jaejoong (Hero) e Jung Yunho (U-Know)
Ok, o último casal aqui é hipotético, mas eu, em minha humilde opinião baseada em anos de observação, compilação de fatos, gestos, expressões, palavras e tudo mais, acredito que existe algo entre eles, ou existiu, mas isso é papo pra outra hora...

Eu não vejo absolutamente nada de errado nessas fotos….você vê? Se sim talvez haja algo de errado com você…
“Nenhum cidadão deveria ter vergonha de andar pelas ruas segurando as mãos daquele que ama!” (Barack Obama)
Abraço de Urso Smiley piscando
Dryka B.

11 comentários:

  1. Adorei! Eu já te disse o que acho sobre o assunto e minha opinião não mudou nem um pouco! Continuo não vendo problema nenhum nas fotos, afinal amor é amor!

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Q bom q curtiu Let =D Sempre fico feliz qdo vejo pessoas sem preconceito!!! O mundo ainda tem solução!
      Amor é amor realmente!

      BjOs

      Excluir
  2. Unnie! Obrigada pela review, antes de tudo. Eu não te odeio haha só achei que com ela talvez alguns cabeças de bagre se iluminem pro que realmente importa ^^
    de quebra ainda consegui um emprego não remunerado no blog xD só sai ganhando com esse post
    "acredito que amor independe do que encaixa no quê" não tem nada pra arrumar aqui, na verdade só queria dizer que essa frase é brilhante kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    e pra finalizar, eu sei que eles ainda vivem em nárnia numa entrada de vidro mas faltou uma dica nada sutil para YunJae que vou deixar aqui
    "IT'S TOTALLY YOUR CHOICE BUT YOU SHOULD BE TOGETHER"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc nem sabe o qto tive que resistir pra falar sobre YunJae nesse post, vamos nos contentar com uma foto por enquanto, mas em breve, contaremos toda a história linda deles ♥YunJae♥
      "IT'S TOTALLY YOUR CHOICE BUT YOU SHOULD BE TOGETHER"

      Precisamos conseguir um entrevista com o Chun!!!

      Excluir
  3. Eu amo esse mv, acho extremamente fofo. Lembro-me da primeira vez que o vi, minha reação foi uma surpresa pra mim mesma porque não fiquei espantada, fiquei mais como: Agora faz sentido, que kawaii.
    Sobre as teorias acredito que a mais possível seja a 5. Ele queria ser ela ou pelo menos ser uma mulher para poder ficar com o amado, ou gostar dela e não ter que sofrer com amores impossíveis e preconceito.bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz sentido, eu queria ver mais videos de kpop assim XD
      Obrigada por ler esse post tão longo =D

      Excluir
  4. Gostei de sua apreciação... adoro esse vídeo que acho pequena obra de arte... é um filme narrado em minutos... Parabéns Dryka

    ResponderExcluir
  5. ai mds
    agora o mv fez algum sentido
    e eu tbm tive essa impressão sobre o olhar do cara, kkk

    ResponderExcluir
  6. Concordo com você! Eu tava revendo o MV e talz... e eu pensei... antes dele rasgar a foto e antes do flashback deles tirando a foto, ele passa o polegar na foto e chora muito, mas se você reparar ele passa o dedo mais especificamente no rosto dela, e cobre o rosto do Jae Hyun, será que ele era irmão da garota e ai no carro primeiro ela tava sorrindo e depois (depois que ele conta) ela não parece bem,será que ele fica com o cara mesmo ele sendo casado com a irmã dele? Será que Jae Hyun e ela se divorciaram e quando estavam só ele e In Guk no carro, eles estavam fugindo para poderem viver juntos? E se ela teve alguma doença e morreu? E se ela descobriu dos dois e foi embora? Eu só não acho que eles tenham matado ela,pois mesmo que ela não fosse irmã do In Guk ela parecia ser super amiga deles, eles podiam ser tipo aqueles amigos da faculdade que dividem casa, e se eles moram juntos ela tem que ser amiga de pelo menos um dos dois não é? Um dos dois teria que ao menos se importar com ela... São muitas teorias... tomara que algum dia façam tipo o BTS ,que tem até um vídeo que o Jin explica o MV de Run, e expliquem em uma entrevista o MV de "Please don't..."

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir



Dryelli, 24 anos, Maringá, PR